Reflexões

A escrita e o autoconhecimento andam de mãos dadas!

Já falei por aqui que voltar a escrever foi um dos grandes motivos que me fizeram reativar o meu blog, mesmo que mudando os temas e deixando público só o que ainda fazia sentido para a mulher que me tornei (acho tão forte pensar nisso, na mulher que me tornei. Não sei o que acontece aqui, mas mesmo mãe de 2 meninos, profissional com uma carreira legal, me sinto tão menina ainda – vai entender?!).

Enfim, ao longo do tempo, venho lendo bastante sobre a importância de escrevermos, de colocarmos nossas ideias no papel, no computador ou onde quer que seja. E é impressionante o poder que pode ter, parar em frente de algo branco (caderno ou tela) e começar a pensar no que queremos passar para lá.

Neste processo, comecei a perceber a importância deste tal “parar para escrever”. Porque é isso. Em meio à correria do dia, e às multitarefas que estamos acostumadas a fazer (quem nunca fez o supermercado online enquanto participava de algum call, ou deu aquela zapeada no Instagram durante um telefonema) não dá pra escrever enquanto fazemos outra coisa. Simplesmente não dá.

E sim, eu já tentei! Participando de algum call que não achei que fazia tanto sentido eu estar lá, já que não poderia agregar na discussão, abri essa página do word e pensei: “Agora vou escrever o meu texto”. Que nada! Não tem como!

E foi aí que eu fui percebendo o papel da escrita na minha vida. Percebi que, no meu processo de autoconhecimento, essa escrita tem tido uma participação especial. Para escrever, eu preciso me reconectar comigo mesma. Ouvir os meus pensamentos, organizar tudo isso e enfim, completar as frases.

Faz total diferença você escrever sobre as coisas que está refletindo, seja para ter o tempo da pausa e se aprofundar, seja para ter um histórico e poder consultar ao longo da vida e entender as mudanças e rotas que você seguiu (por isso aqui fica o meu voto, mesmo você não tendo me perguntado, em você comprar um caderninho só para isso. Pois, eu te garanto que achar ele nas caixas da mudança vai ser mais fácil do que no seu drive ou na nuvem).

E aqui fica o meu convite, que é o que mais tenho feito por aqui (acho que no fundo a intenção é essa, compartilhar e inspirar as pessoas a seguirem alguns caminhos), para você começar a escrever. Só começa. Não precisa pensar muito, não precisa do caderno ideal. Mesmo que você não esteja se sentindo inspirado, para um pouquinho e se desafie a escrever o que está sentindo ou pensando neste momento. Se quiser uma ajudinha, prepara um #cafeeumdocinho e veja como ele pode ser reconfortante neste processo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s